Especial “Glee” – 6 anos marcantes

Heeeey! Sou a Ranayra ( Rany ), prazer! E vou começar a postar aqui junto com o Lipe!! Espero que gostem da novidade e me recebam de braços abertos! Espero que curtam esse primeiro post que preparei com todo o amor e carinho!

Gostaria de começar esse post pedindo a todos os Gleeks para darmos as mãos e relembrar um pouquinho dessa trajetória marcante que sempre terá um lugarzinho especial em nossos corações. Segura na mão do amiguinho e vamos!
Foram 6 anos (2009-2015) de muito aprendizado, muitas risadas, emoções, lágrimas, berros, “pitis”, xingamentos e hashtags no Twitter, prêmios, apresentações marcantes dentro e fora da série, covers sempre com a cara do seriado e belas músicas originais… Enfim, assistimos a evolução dos personagens que nos fizeram crescer e superar muitos desafios e preconceitos.
Muitas pessoas partem de estereótipos e pré julgam o seriado, porém, só aqueles que acompanharam (pelos menos até a 3ª temporada e os episódios finais da 6ª) sabem o sentimento e a força que ele transmitiu para enfrentar o bullying, mostrar o poder das amizades e dizer que sim, todos nós importamos e valemos a pena, independente de qualquer julgamento moral, social, racista ou preconceituoso. Ensinou a aceitar as diferenças e aquilo que não nos agrada em nós mesmos, os nossos “defeitos”. Afinal, We were born this way e ser um perdedor (loser) ganhou um significado totalmente diferente e honrado (Cause you wanna be a loser like me). Até porque todo fã de Glee que se preze já fez um L com os dedos da mão na testa né?!
  
 
A série foi criada por titia Ryan Murphy e os produtores Brad Falchuk e Ian Brennan. E foi ao ar, pelo canal Fox, pela primeira vez, em 19 de maio de 2009.
titia Ryan e sua boina    

A história é sobre estudantes (underdogs)que apesar de amarem cantar e serem cheios de sonhos, não possuem voz no ambiente escolar e são vítimas de preconceitos e ataques verbais e físicos de outros estudantes (populares).

Até que William Schuester (Mr. Shue), atualmente professor de espanhol com um amor eterno pela música e anteriormente campeão pelo coral do Mckinley High, assume o Glee Club e reúne esses jovens, os underdogs e os populares, e os ensina muito mais do que competir. Will é o grande responsável pela união de pessoas tão diferentes que se tornam amigas e companheiras em diversas lutas pessoais dentro e fora do colégio. E assim, a cada episódio, a série nos mostra que todos temos problemas e somos únicos a nossa maneira. Que devemos viver e apostar no que somos, sem medos. Pois apesar das quedas, com perseverança e apoio daqueles que nos amam e nos aceitam como somos, assim como aceitam também nossas mudanças, nossos objetivos serão conquistados.

Além de tudo isso, eles ainda contam com uma inimiga disposta a jogar sujo, sem nunca perder o humor e a cara de pau, a treinadora das Cheerios (líderes de torcida) Sue Sylvester. Ela é um personagem extremamente importante em toda a série, por nos fazer odiá-la em certos momentos e amá-la em outros. Sue sempre teve épicos momentos (como casar com ela mesma) e conquistou um vasto número de fãs.

Nos episódios finais da série descobrimos que esse tempo todo Sue possuía um armazém (the hurt locker) onde tramava seus planos contra o Glee Club e descontava sua ira quando era derrotada ou algum plano falhava.

Porém, nesse cantinho da discórdia e das mágoas no core, que sabemos que ela possui, existe um lugar reservado para sua paixão secreta: o casal Klaine. É revelado então um altar em homenagem ao casal, e assim, Sue começa seu plano para uni-los novamente. Armando com que os dois fiquem presos em um elevador especial com banheiro, até cederem à chantagem e darem aquela bitoca para reacender o fogo da paixão! O que deixa mais que claro o quanto o personagem de Sue é bipolar e nos deixa bipolar junto, nessa rixa de amor e ódio.

Entre os diversos corais que o New Directions (nome do coral principal) enfrentou, um foi de grande importância e conquistou muitos corações: Os Warblers.
A série foi exibida também pela Rede Globo, primeiro nas manhãs de sábado com cortes e posteriormente nas madrugadas do Plim Plim. E mais recentemente chegou a ser exibida pela Band. Mas o canal da Fox Brasil sempre foi o responsável por transmitir esse fenômeno mundial desde os primórdios. Assim como o reality The Glee Project, que teve duas temporadas, para revelar novos talentos para participar da série. Entre os participantes da primeira edição estava o pequeno brasileiro “iluminado” e com tendência à stripperMatheus Fernandes, que ressurgiu recentemente no quadro “Os Iluminados” do programa de Fausto Sil (opa, fui interrompida pelo apresentador).
Glee se tornou um fenômeno no mundo inteiro e em 2011 ocorreu a turnê Glee Concert pelos Estados Unidos e Canadá, que virou um filme (Glee: The 3D Concert Movie) com as apresentações, bastidores, entrevistas e relatos de fãs.
 
Por mim ficaria divagando aqui sobre essa série que sem sombra de dúvidas foi a que mais mexeu comigo e ainda faz meus olhinhos brilharem. Mas vou ir encerrando, pois assim como a série, esse post também precisa ter um fim.
Mas antes vale relembrar algumas participações mais que especiais de artistas diversos na série ao longo desses 6 anos.
E LÓGICO que não poderia faltar a parte de relações amorosas da série! Como foram muitas temporadas, ela acabou sendo influenciada por Gossip Girl, em que ninguém é de ninguém, e vááários casais sem sentido foram formados ao longo desse período.

Mas quatro casais sempre derrubaram forninhos desde que começaram. Gerando disputas entre os fãs de cada ship (o nome que resulta da junção dos nomes dos envolvidos no casal) e sendo chamados de OTP (amor único e verdadeiro). E eles são: Finchel (Finn e Rachel, personagens principais da série), Quick (Quinn e Puck), Klaine(Kurt e Blaine) e Brittana melhor ship (Brittany e Santana).
Finchel
Quick

 

Klaine

 

Brittana <3
Com a tragédia da morte do ator Cory Monteith (Finn), Rachel terminou a série com Jesse St. James (com quem já havia tido um romance), porém Finchel será eterno no coração de seus fãs.
RIP grandão =/

 

Rachel e Jesse na Season Finale
Ai, ai. Como tudo nessa vida é finito, vou encerrando o post especial Glee e sua trajetória com o elenco final. Daqueles 5 integrantes iniciais, que lutaram junto com Mr. Shue, entre outras pessoas, formou-se uma grande família, que nos emocionou até o fim, dia 20 de março de 2015.
Espero que tenham curtido minha estreia aqui no Guia! Deixo um até logo para meus companheiros Gleeks, e encerro esse post com a música tema da série, que foi cantada de maneiras diferentes, com pessoas diferentes, ao longo da série, e em todas elas emocionou do mesmo jeito. Beijos e nunca parem de acreditar! Afinal, fazer parte de algo especial, nos torna especial (Being part of something special, makes us special)!

(Momento não aprendi dizer adeus)
Bônus de momentos marcantes desses 6 anos, porque siiiim!! Desafio Gleek de lembrar de todas essas cenas e pessoinhas tchucas 🙂

 

Viver a vida com simpatia e bom humor é meu lema. Tenho 23 anos, amo cultura pop, sou viciada em séries, realities e sorvete. Leonina com os dois pés em peixes, sou muito emotiva sim. Quem quiser conhecer mais, só vem @ranycamara

Posts relacionados

15 Comentários

  1. I simply want to tell you that I am very new to blogging and site-building and truly loved this web site. Most likely I’m going to bookmark your blog . You certainly come with terrific article content. Kudos for sharing your blog.

  2. Wonderful blog! Do you have any helpful hints for aspiring writers? I’m planning to start my own site soon but I’m a little lost on everything. Would you suggest starting with a free platform like WordPress or go for a paid option? There are so many choices out there that I’m completely overwhelmed .. Any recommendations? Cheers!

  3. Have you ever considered publishing an ebook or guest authoring on other sites? I have a blog centered on the same subjects you discuss and would really like to have you share some stories/information. I know my visitors would appreciate your work. If you are even remotely interested, feel free to send me an e-mail.

  4. Amazing blog! Is your theme custom made or did you download it from somewhere? A theme like yours with a few simple adjustements would really make my blog stand out. Please let me know where you got your theme. Thanks

  5. Woah! I’m really enjoying the template/theme of this website. It’s simple, yet effective. A lot of times it’s difficult to get that “perfect balance” between superb usability and visual appeal. I must say you’ve done a amazing job with this. Also, the blog loads very quick for me on Opera. Excellent Blog!

  6. Write more, thats all I have to say. Literally, it seems as though you relied on the video to make your point. You clearly know what youre talking about, why waste your intelligence on just posting videos to your site when you could be giving us something informative to read?

  7. Hello, i read your blog occasionally and i own a similar one and i was just curious if you get a lot of spam feedback? If so how do you reduce it, any plugin or anything you can suggest? I get so much lately it’s driving me crazy so any assistance is very much appreciated.

  8. Does your site have a contact page? I’m having a tough time locating it but, I’d like to shoot you an e-mail. I’ve got some ideas for your blog you might be interested in hearing. Either way, great website and I look forward to seeing it improve over time.

  9. I want to voice my love for your kindness supporting persons who have the need for help with this one idea. Your personal dedication to getting the message all through has been exceedingly informative and has constantly empowered individuals just like me to achieve their ambitions. Your amazing important advice denotes a lot to me and far more to my peers. Regards; from everyone of us.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.