Séries que se foram cedo demais

Hoje acordei muito nostálgico e, conversando com algumas pessoas seriemaníacas que conheço, ficamos relembrando algumas produções que se foram cedo demais – deixando pra trás, muitas vezes, apenas uma temporada.

Então, pra gente mergulhar nessa tela de lembranças (e, quem sabe, ficar de indicação pros binge-watchings dos fins de semana que seguem), abaixo vai a nossa listinha saudosista!

friends hug kelly misfits alishagirls skins skins uk kathryn prescott skins firegossip girl amigas seriados analuhalone lonely olivia wilde house md dr house

FLASHFORWARD

A primeira série que me veio à cabeça e trouxe toda esta melancolia foi FlashForward, de 2009.
O início da série se dá com um momento pontual em que todas as pessoas do mundo apagam por 2 minutos e 17 segundos e têm uma visão de onde estarão seis meses no futuro.
E aí, a gente, junto com as personagens, vai descobrindo o que levou isto a acontecer e, principalmente, como cada um vai chegar no momento exato que já havia visto antes.
O pior desta série é o fato da ABC a ter cancelado com apenas uma temporada e ter deixado um gancho muito intrigante pra gente morrer sem saber como as coisas continuariam.

AWAKE

Outra que nunca vou superar a despedida precoce é a série que trouxe Lucius Malfoy de volta à minha tela.
Nesta história, Lucius um homem sofre um acidente de carro. Quando acorda, seu filho morreu e ele tem que seguir em frente com a esposa. Porém, quando acorda no outro dia, quem morreu foi ela e quem está com ele na vida é o filho.
A partir daí, ele começa a viver um dia com cada um e tenta entender o porquê disso estar acontecendo, percebendo as coincidências entre os dois momentos; enquanto, conversa com dois psicólogos diferentes que tentam o convencer de que aquele é o mundo real.
Esta série – também com apenas uma temporada – teve final. E bem controverso, por sinal.
SAMANTHA WHO
Diferente das outras, esta foi, durante seus primeiros 7 episódios, a sitcom estreante mais vista na temporada de TV de 2007-2008. Mas só durou duas temporadas.
 
Me traz muita saudade as confusões em que Christina Applegate se metia, uma vez em que a série começa com ela acordando depois de um atropelamento sem lembrar de nada da sua vida antiga.
 
A partir de flashes do passado e pela reação das pessoas ao encontrá-la, vamos percebendo que ela não era lá a pessoa mais agradável para se conviver. Com a ajuda de duas amigas – uma que antes era extremamente rejeitada, inclusive – a jovem vai tentando remontar sua história e escrever uma nova.
 

m christina applegate samantha who samantha newly jean smartm jennifer esposito andrea belladonna christina applegate samantha whom jennifer esposito andrea belladonna christina applegate samantha who

HELLCATS

Coitada, Ashley Tisdale não da sorte nas séries que escolhe fazer.
Hellcats conta a história de uma equipe de líderes de torcida e toda a pressão que a envolve dentro de um college do sul dos EUA, através dos olhos de uma estudante de direito que perde sua bolsa de estudos e encontra no time sua única chance de continuar a faculdade.
Eu nunca entendi o motivo de não terem dado a chance de uma segunda temporada – e nunca foi divulgado oficialmente também. Esta é a típica série teen. Mas dizem que foi pela baixa audiência dos últimos episódios. Nos deixou com apenas uma temporada também.
 mtv ashley tisdale hellcats aly michalkalove dance kiss hellcatsashley tisdale savannah hellcatscheerleaders hellcats marti perkins

 

TOUCH

Sobre essa série que trouxe “Jack Bauer” de volta depois de 24 hrs (haha essa frase ficou engraçada), eu nem sei o que dizer. Fiz questão de copiar o enredo que está na Wikipédia, porque sabe lá como eu poderia explicar isso.
“Martin (Kiefer Sutherland), fica viúvo depois da sua mulher morrer nos ataques de 11 de Setembro. Ao seu cuidado fica seu filho Jake, que possui um extraordinário dom: a habilidade de perceber padrões escondidos que interligam todas as vidas do nosso planeta através de números. Martin percebe que é sua tarefa decifrar os números pelos quais o seu filho está obcecado e descobrir o significado dos mesmos. Esta tarefa poderá modificar o destino de toda a humanidade.”
 
É legal saber também que Jake não gosta de toques, não encosta em ninguém e também não permite ser tocado.
E aí que tá, não da pra entender direito. A gente vai acompanhando os episódios, mas é algo tão complexo e tão entre a ciência e o esotérico, que a gente vai se perdendo.
Mas era muito interessante. Muitas propostas boas. Acho que vale, porque tem séries que precisam de mais de uma temporada pra apresentar todo o seu potencial.

 

PUSHING DAISIES

Deixei o melhor pro final! Taí uma série que eu nunca vou superar ter acabado. Vou torcer até o fim da vida pra Netflix fazer um revival.
É a história de um confeiteiro (que faz ótimas tortas) com uma habilidade especial: quando ele toca seres que já morreram, eles voltam à vida; e se ele os tocar novamente, se vão para sempre. Com, ainda, mais uma regra: se ele escolher deixar alguém vivo por mais de um minuto, outra vida, próxima, é tomada no lugar.
Ele revive vítimas de crimes para ajudar um detetive amigo a solucionar os crimes. E, claro, se apaixona por uma delas, mas os dois nunca poderão se tocar.
É tão fofa, tão bem pensada, tão bonita, tão colorida, tão cativante, tão inspiradora!
Só durou duas temporadas na televisão – viveu a greve dos roteiristas entre elas. Mas eu soube, nesse momento saudosista, que existe uma terceira temporada em quadrinhos.
pushing daisies dance lee pace bees anna frielconfused lee pace frustrated confusion ugh
Fui percebendo que a saudade tava maior do que a internet permite. Principalmente sendo eu uma pessoa louca dos gifs hehe

Mas aqui estão mais algumas séries que nos deixaram muito cedo:

BLACK BOX 🙁
HEROES REBORN (coitada, todas as tentativas de Heroes terminam em cancelamento)
PROOF 🙁
TERRA NOVA (não tem como defender)
A TO Z (a série com a mãe do How I Met)
Childhood’s End (fez sentido terminar, assim como só ter três episódios, mas é tão boa)
É isso gente, deixo aqui toda a saudade. But the shows must go on.
the hobbit lee pace halt and catch fire guardians of the galaxy thranduil

É viciado em ficção seriada e em questionar o mundo. Já assistiu todas as séries que você pode imaginar e seu maior interesse está em acompanhar a história por um longo período de tempo e ver personagens crescerem e se transformarem. Não entende o preconceito com a televisão e adora se comunicar com as pessoas.

Posts relacionados

19 Comentários

  1. I simply want to tell you that I am just new to blogs and certainly enjoyed this blog site. Likely I’m likely to bookmark your site . You surely come with very good article content. Regards for sharing your blog.

  2. Hey there outstanding blog! Does running a blog similar to this require a large amount of work? I have very little knowledge of computer programming but I was hoping to start my own blog soon. Anyway, should you have any suggestions or techniques for new blog owners please share. I know this is off topic but I just had to ask. Cheers!

  3. Woah! I’m really enjoying the template/theme of this site. It’s simple, yet effective. A lot of times it’s very hard to get that “perfect balance” between user friendliness and visual appeal. I must say you’ve done a very good job with this. Additionally, the blog loads extremely quick for me on Opera. Exceptional Blog!

  4. Today, I went to the beach with my children. I found a sea shell and gave it to my 4 year old daughter and said “You can hear the ocean if you put this to your ear.” She put the shell to her ear and screamed. There was a hermit crab inside and it pinched her ear. She never wants to go back! LoL I know this is totally off topic but I had to tell someone!

  5. Hey! I know this is kinda off topic but I was wondering which blog platform are you using for this website? I’m getting tired of WordPress because I’ve had issues with hackers and I’m looking at alternatives for another platform. I would be awesome if you could point me in the direction of a good platform.

  6. Amazing blog! Do you have any hints for aspiring writers? I’m hoping to start my own site soon but I’m a little lost on everything. Would you advise starting with a free platform like WordPress or go for a paid option? There are so many choices out there that I’m totally confused .. Any ideas? Appreciate it!

  7. Write more, thats all I have to say. Literally, it seems as though you relied on the video to make your point. You definitely know what youre talking about, why waste your intelligence on just posting videos to your blog when you could be giving us something enlightening to read?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.