A 6ª temporada de “AHS” dispensa uma abertura macabra

Você, provavelmente, leu o título e pensou: “O que essa louca tá falando? As aberturas são essenciais e até melhores que a série, muitas vezes!”. Mas acalme-se, que lhe explico rs E é bem simples: a 6ª temporada de “American Horror Story” está TÃO maravilhosa e foda que dispensa abertura macabra para conquistar o público!

A trama ainda nem acabou e estou novamente escrevendo sobre a nova temporada, tamanha minha empolgação! Então, se ainda não se rendeu e se já tinha desistido de “AHS” – ou, até mesmo, para quem nunca assistiu – é só clicar aqui para conferir uma “sinopse” de “My Roanoke Nightmare“.

Se continuar lendo, saiba que a partir de agora vão ser só spoilers, tiro, porrada, bomba, espíritos e terror! Segurem na mão do amiguinho, porque é possível sentir bastante medo acompanhando a história, viu?

Tensa, porém fazendo a forte

Bom, no post que fiz logo após a série estrear, comentei sobre o momento de abertura estar completamente diferente do corriqueiro “Previously/Anteriormente” (que a maioria dos seriados estadunidenses possui). Esta é a primeira cena do episódio, e traz momentos de episódios passados para refrescar a memória do telespectador. Mas, em “AHS”, isso não aconteceu! Pelo contrário! Assim que o episódio começava, apareciam cenas do que aconteceria naquele mesmo episódio! Eram spoilers jogados na nossa cara! O que achei bem ousado e curti…

Titia Ryan se glorificando

E o mais chocante, ou que deveria ser, é a falta da tão famosa “abertura de American Horror Story”. A série, desde seu início, sempre foi bem marcante pela musiquinha macabra e pelas cenas pavorosas que construíam a sua abertura. Eu, por exemplo, assistia a primeira vez para saber como era e depois pulava, em todos os episódios, as aberturas… Não sou obrigada a ver aquelas paradas medonhas toda vez, gente!

As vinhetas sempre foram tão boas e bizarrasque davam mais medo e eram mais impactantes do que as temporadas, em si! Procurem só por elas no YouTube, caso não estejam lembrando rs Mas o fato é: a sexta temporada de “AHS” desbancou qualquer outra abertura! E olha, não está fazendo a mínima falta… A série está surpreendendo e sendo, até agora, a MELHOR temporada! De verdade, são muitos acontecimentos e uma narrativa bem organizada, ao mesmo tempo em que é complexa – não deixando a gente se perder, mesmo com as misturas loucas que acontecem!

Então, esta nova fase do enredo mostra uma série dentro de outra, né… Pessoas “reais” passaram por uma experiência sobrenatural em uma fazenda em Roanoke, e eles fazem parte de um programa de TV onde contam pelo que passaram, diretamente para a câmera. Enquanto atores os interpretam, dentro deste mesmo programa de TV.

E quando suas histórias parecem ter acabado, recebemos um “plot twist” bem na nossa cara!

Surge o produtor deste ‘documentário’, Sid, que, cego pelo sucesso e pelo dinheiro que conseguiu às custas destas tramas de terror envolvendo espíritos e mortes, decide fazer uma continuação! São reunidas então as “pessoas reais” que viveram o pesadelo de Roanoke, e os atores que os interpretaram na televisão! Eles voltam para a mansão, próximo ao período da “Lua Sangrenta”, para viver uma espécie de “BBB” misturado com “Atividade Paranormal”! 😮

“Hello, Sidney”

Olha, sinceramente, né… Se você vivencia uma experiência sobrenatural e de quase morte, que diabos te faz voltar para este pesadelo novamente? E que atores incrédulos e babacas os que os interpretaram, viu… Sem medo de mexer no que estava quieto!

Pobres atores, prestes a conhecer o verdadeiro pesadelo de Roanoke

Uma das atrizes, em especial, ainda surtou, enlouqueceu, perdeu a bicicletinha… E o nome dela é Agnes. Foi ela quem interpretou a sádica Açougueira, responsável por comandar a matança e querer acabar com todos aqueles que pisam EM SUA terra! Essa senhora morreu há séculos, mas não desapega da materialidade…

Agnes se identificou tanto com a Açougueira que levou a personagem para a vida real! Ela foi abalada psicologicamente e assumiu incorporou a identidade da moça do machado… Partiu pra cima do povo em Hollywood e tudo! Mas quem disse à Agnes que a Açougueira queria uma sósia? Não foi bonito este encontro…

Corre, Pikachu!

Enfim, não percam esta temporada!! Ela está realmente surpreendendo e mostrando que “American Horror Story” ainda tem salvação! Já sabemos que apenas uma pessoa sobreviverá a este novo massacre, qual a sua aposta?

Enquanto isso, seguimos acompanhando as torturas, os espíritos, as mortes sangrentas e nojentas, momentos que nos fazem soltar gritinhos e tapar os olhos, muito terror, suspense e drama! Ou seja, combinações perfeitas para uma série de horror, que dispensa abertura macabra para se fazer assustadora e intrigante!

Cuidado com as histórias que vocês mexem, crianças…

Ah, não esqueçam de estar sempre com seus celulares registrando o que fazem (assim como a série é filmada), afinal, não sabemos o que pode acontecer… ~vamos todos fingir que consegui ser misteriosa, obrigada~

Viver a vida com simpatia e bom humor é meu lema. Tenho 23 anos, amo cultura pop, sou viciada em séries, realities e sorvete. Leonina com os dois pés em peixes, sou muito emotiva sim. Quem quiser conhecer mais, só vem @ranycamara

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.