Agremiação dos Acadêmicos das Novelas

Olha o Carnaval 2017 aí, geeeeente! E, para celebrar, do jeitinho ‘Guia’ de ser, vamos elencar momentos marcantes juntando duas paixões nacionais: Carnaval e novelas!

– Chocolate com Pimenta (2003/2004)

A novela se passava na década de 30, o que nos possibilitou ver um Carnaval diferente do que estamos acostumados! Uma festa bela, recatada e do lar, com pierrôs, colombinas e arlequins. Nessa época, quanto mais roupas e elegância, melhor! Mas claro que beijar pode sempre! Olha só essa bitoca entre a Ana Francisca (Mariana Ximenez) e o Danilo (Murilo Benício) <3 #cuidadocomsapinho


– Mulheres Apaixonadas (2003)

Quem também não é fã de uma boa festa à fantasia? Os alunos e professores da Escola Ribeiro Alves substituíram os uniformes pelas máscaras e abalaram no baile! E para participar da brincadeira, vale tudo: desde alugar fantasias mais elaboradas (como a Julieta da personagem da Alinne Moraes), até usar a criatividade e montar seu próprio traje (como o simpático hippie da esquerda, encarnado por Daniel Zettel).

– Senhora do Destino (2004/2005)

A trama abordou a festa popular do Carnaval como a grande protagonista! Vimos toda a preparação da “Unidos de Vila São Miguel”, comandada por Geovani Improtta (José Wilker); da preparação de alas até a cadência da bateria. O enredo, inspirado na vida e na trajetória da arretada Maria do Carmo (Susana Vieira), foi produzido por compositores da Grande Rio, sente só essa honra! Muitas atrizes e atores desfilaram realmente na Sapucaí, então é claro que a novela mostrou tudinho!

– Páginas da Vida (2006)

A atriz Quitéria Chagas era a rainha de bateria da Império Serrano, na época. Então, sua personagem, Dorinha, ganhou destaque no desfile da novela! E quem disse que as emoções ficaram só por onde as Escolas sambaram? A narrativa acrescentou mais uma, o parto da empregada Margareth (Carolina Bezerra) em plena arquibancada! Ele foi feito pela casal Rubinho (Ferfando Eiras) e Marcelo (Tago Picci), e aplaudido assim que a menina deu o primeiro choro e veio à vida! O casal ainda adotou a criança no final da novela.

– Três Irmãs (2009)

Essa novela foi bem alto astral, com uma vibe praiana e regada a muito surfe! Lógico que seus personagens não deixariam de comemorar o Carnaval! Mas além de alegria e diversão, teve rixa também! O bloco liderado por Alma (Gio Antonelli) e a trupe comandada pela vilã, Violeta (Vera Holtz), disputaram pelo espaço de folia em Praia Azul, cenário principal da trama.

– Lado a Lado (2012)

Uma novela maravilhosa dessas não poderia começar diferente, né? Ela já se apresentou ao público celebrando o Carnaval nas ruas, em 1903! Entre muita dança, samba e cultura popular, surge a paixão à primeira vista do casal protagonista, Isabel (Camila Pitanga) e Zé Maria (Lázaro Ramos). O telespectador também teve que suportar o desfile de preconceitos e arrogância da vilã-mor do folhetim, Constância (Patrícia Pillar), menosprezando a crença das minorias e de pessoas mais pobres. Mais pro final da novela, ainda foi realizado outro Carnaval na trama!

É folia que não acaba mais, meu povo bom!

Ah, claro que não poderíamos deixar de fora esse hino que era a música de abertura da novela! “Liberdade, liberdade” – samba composto pela Escola de Samba Imperatriz Leopoldinense – era a grande responsável por nos levar de volta ao início do século XX, em terras cariocas! Que delícia de nostalgia <3


– Império (2014)

Mais recente, a “União de Santa Teresa”, Escola fictícia do Comendador Zé Alfredo (Alexandre Nero), desfilou na telinha! As cenas da novela foram gravadas em um sábado de Carnaval, antes do desfile da Série A e também em um ensaio técnico. Imagina a sorte de quem estava lá na arquibancada presenciando essas duas folias? Toda a família Medeiros estava lá, além da “sweet child” do Comendador, Maria Isis (Marina Ruy Barbosa). O que ninguém esperava era o atentado à vida de Zé, em pleno Sambódromo! Cora (Marjorie Estiano) se atirou na frente do eterno amado e salvou sua vida! Nota 10 pra esse desfile!

A novela promoveu ainda um concurso para eleger o samaba enredo oficial da “União”, enviado pelo público! Se você não se lembra do enredo vencedor, “Homem de Preto em Terra de Brilhantes”, vamos dar só uma puxadinha… “Santa Teresa vai passar… O diamante de segredos e mistérios, é o comendador, e o seu Império!”

Falando nisso, um dos grandes responsáveis por inserir o Carnaval em novelas é Aguinaldo Silva! Ele adora jogar seus personagens na Sapucaí e não perde a oportunidade de criar uma narrativa relevante para a trama ali mesmo! Nota: 10!

E vocês, já estão preparados para as emoções de mais um Carnaval? Nós desejamos uma ótima festa, com muita dança, alegria, emoção e boas surpresas!

 

O maior noveleiro que você respeita. Tem 22 anos, é canceriano e cursa Estudos de Mídia, na UFF. Televisão, fotografia e livros estão entre suas maiores paixões - junto com farofa e empada, claro. Já foi professor de inglês, participou de um concurso de roteiristas para o G Show e, atualmente, também escreve para o #MUSEUdeMEMES (believe, it’s true <3).

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.