“Senhora do Destino” – Vale (MUITO) a pena ver de novo

Esse é aquele momento em que alguns de nós estão pensando no quanto gostariam de estar em casa, de boas, assistindo “Vale a Pena Ver de Novo”. “Senhora do Destino” será reprisada pela segunda vez! <3

A novela é de 2004 e, basicamente, conta a história de Maria do Carmo – a típica moça pobre e que, a partir de seu esforço, conseguiu ascender socialmente. A heroína carrega a tristeza de não saber o paradeiro de sua filha, Lindalva; a moça havia sido raptada por Nazaré vilã suprema, sendo criada como filha da megera e recebendo o nome de Isabel.

Podemos dizer que o elenco deu um show de interpretação. Importante pontuar também que a trama caminhava pelo drama com altas nuances de humor, por vezes, quase caricato.

 
Outro ponto alto da trama ficou por conta da trilha sonora. A música de abertura virou marca registrada – “Encontros e Despedidas” foi composta por Milton Nascimento, sendo lindamente interpretada por Maria Rita. Quem nunca cantarolou: “Todos os dias é um vai e vem, a vida se repete na estação”  
 
Um personagem que ganhou destaque na trama foi o Giovanni Improtta, vivido por José Wilcker (o ator faleceu em 2014). O personagem disputou o coração de Maria do Carmo e nos divertiu com os eternos bordões: “o tempo urge e a Sapucaí é grande” e “felomenal”
 
 
 
Os núcleos da novela foram muito bem construídos, a narrativa fluiu leve, a história é muito bem “amarrada”. As histórias dos personagens são um show à parte, alguns detalhes são extremamente importes para conduzir a trama, o que a torna ainda mais interessante. Assistir a esta preciosidade da teledramaturgia brasileira será maravilhoso, apesar das saudades dos atores que já faleceram.
 
Para encerrar com chave de ouro, alguns memes MARAVILHOSOS da rainha da novela. Enjoy 😉
 

 

 

 

Dayana, mas pode chamar de Day. 22 anos, formada em Estudos de Mídia. Ama novelas mexicanas e gifs da Gretchen. A dramática que sorri até os olhos (que sāo bastante expressivos) fecharem e sabe que fazer bolos é quase terapêutico. Analista de Mídias Sociais, apaixonada por cultura POP, séries médicas, feminismo e representatividade.

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.