“Criança Esperança” e a importância dos influenciadores digitais em maratonas solidárias

Já é sabido. Ano após ano, as emissoras de TV aberta promovem seus eventos de solidariedade e os transmitem ao vivo, como uma espécie de “maratona da esperança”, para angariarem fundos às causas que apoiam.

O já tradicional ‘Teleton’, do SBT, ajuda o hospital AACD, focado na reabilitação física de crianças e adolescentes

 

Acontece assim com o “Criança Esperança” (exibido há mais de 30 anos pela TV Globo e que busca ajudar a melhorar a realidade de crianças carentes – seja por meio da educação, da cultura ou dos esportes, por exemplo), com o “Teleton” (transmitido pelo SBT há duas décadas e que procura receber fundos para a ajudar o hospital AACD, com o cuidado motor e ortopédico de crianças e adolescentes) e acontecia assim com a já findada “Direito de Viver“, da Rede TV!, e que buscava angariar recursos para o Hospital de Câncer de Barreto, em São Paulo.

 

Com o passar dos anos, buscando aprimorar seus discursos e objetivando com que a captação desses recursos ficasse cada vez mais natural e intrínseca ao telespectador, pudemos observar algumas mudanças de dinâmicas nesses ‘festivais solidários midiáticos‘ (nooooossa, foca na expressão que acabei de conceber, que chique <3). Tomando, por exemplo, o “Criança Esperança“, pudemos notar a introdução de uma série de recursos que buscou humanizar ainda mais a campanha e trazer o espectador cada vez mais para dentro de seus propósitos (se aproximando destes através de suas realidades, contextos e bagagens empáticas). Algumas delas, foram:

  • A introdução do “Mesão da Esperança“, onde artistas da emissora e cantores costumam atender ligações das doações com valores mais altos, garantindo a quem está em casa um tratamento personalizado e diferente de quem doa os valores tabulados (7, 20 e 40 reais);

 

  •  A mudança na dinâmica dos shows, que passaram a ser cada vez menos pirotécnicos e cheios de recursos destinados a eles, para se tornarem mais simples, humildes, poéticos e simbólicos (e isso muito por causa, também, das críticas que a própria emissora recebia em não economizar renda quando o assunto era realizar comemorações grandiosas,  enquanto que continuavam lucrando altos valores com a maratona solidária);
Shows antes

 

Shows agora

 

  • A escolha de 4 patronos envolvidos em causas sociais, para agregar credibilidade às maratonas (detalhe: todos os 4, artistas da emissora);
Da esquerda, para a direita: Flávio Canto, Leandra Leal, Dira Paes e Lázaro Ramos

 

Mas sério, vou confessar que preferia bem mais quando o show era comandado pelo Evaristo Costa e por um Cebolinha mal configurado e muito louco dançando “Rebolation”… Bons tempos, que não voltam mais 🙁

  • Participação de artistas cada vez mais plurais;
Silvero Pereira, o Nonato de “A Força do Querer”, se apresentou no show desse ano substituindo Pabllo Vittar, que foi vítima de uma inflamação dentária

 

  • E, por último, mas muuuuito importante, tivemos uma participação expressiva de influenciadores digitais não só durante esse evento, como também a partir de 2015, mais especificamente (atuando tanto no “Mesão da Esperança”, quanto também em vídeos e materiais exclusivos para a web, dialogando com o público deste espaço como nunca antes!).

 

Thiago Pasqualloto, do “Morri de Sunga Branca”

 

Thaynara OG, Rezende, Mari Palma, Chris Figueiredo, Federico Devito e Julia Silva visitam a Associação Santo Agostinho, de São Paulo, em 2016

 

Influenciadores digitais no galpão da Spectaculu (um dos projetos apoiados pelo ‘Criança Esperança’, no Rio, em 2015

 

O poder desses influenciadores nestas maratonas solidárias é gigante! Primeiro, por causa do amplo apelo popular que eles possuem junto ao seu público, Segundo, por causa da liberdade discursiva que eles possuem ao abordar temas como homossexualidade, racismo, religião, TV, música, entre outros de maneira mais leve, descontraída e desprendida de certos vínculos sociais que a televisão pressupõe. E, terceiro, por eles carregarem, consigo mesmos, uma legião impressionante de fãs e admiradores de seus trabalhos, que acabam sendo revertidos como audiência qualificada para esses shows solidários.

Além disso, é importante pontuar em como esse tipo de ação é capaz de mudar a imagem que nós, telespectadores, possuímos acerca desse tipo de atração. Muitas vezes, temos a impressão de que a verba não será de fato revertida em ganhos para os projetos correspondentes e prometidos pelas emissoras em questão. Em tempos cinzentos e duvidosos em vários dos nossos panoramas e espectros nacionais (sendo a política o carro-chefe desse argumento), tendemos a nos tornarmos receosos quanto a ações solidárias mediadas pela mídia – que, por muitas vezes, posiciona-se de forma tendenciosa e ambígua. No entanto, a presença desses influenciadores garante credibilidade a esses processos, uma vez que estes carregam uma certa humanização e transparência em suas falas, pensamentos e atitudes. E isso, é um mérito incrível do YouTube, já que permite uma horizontalidade de diálogos impressionante e necessária entre seus produtores de conteúdo e aqueles que os assistem!

Henrique Lopes, criador da Gina Indelicada, visitando a Instituição Caruanas do Marajó
 

E, o mais bacana de tudo, é que existem empresas de gerenciamento de carreiras e que promovem essa conexão entre influencers e marcas de sucesso <3 Não sabia? Pois é, a Time Media Agency, por exemplo, é uma organização brasileira que busca, exatamente, realizar esse tipo de trabalho!

 

Mesmo recente no mercado, ela já conta com um variado leque de estratégias neste meio, que vão muito além do gerenciamento de carreiras em si, englobando também o recrutamento de new faces nesta área, a introdução destes talentos nestes meios midiatizados e auxílio a serviços de assessoria de mídias digitais e redes sociais para modelos, criativos, personalidades e atores! Bacana, né?

 

Esta é uma tendência cada vez mais latente e necessária a marcas e empresas de mídia que querem e pretendem humanizar seus discursos, de forma transparente e mais econômica, muitas vezes, do que o convencional contrato com grandes estrelas brasileiras. Uma saída, portanto, viável, inteligente e bastante perspicaz <3 Vale super a pena conhecer e divulgar o trabalho!

O maior noveleiro que você respeita. Tem 22 anos, é canceriano e cursa Estudos de Mídia, na UFF. Televisão, fotografia e livros estão entre suas maiores paixões - junto com farofa e empada, claro. Já foi professor de inglês, participou de um concurso de roteiristas para o G Show e, atualmente, também escreve para o #MUSEUdeMEMES (believe, it’s true <3).

Posts relacionados

8 Comentários

  1. I just want to tell you that I’m all new to blogs and actually loved this web site. Probably I’m likely to bookmark your website . You absolutely have incredible writings. Bless you for sharing with us your web-site.

  2. Admiring the dedication you put into your website and in depth information you present. It’s great to come across a blog every once in a while that isn’t the same old rehashed information. Wonderful read! I’ve bookmarked your site and I’m including your RSS feeds to my Google account.

  3. Do you mind if I quote a few of your posts as long as I provide credit and sources back to your webpage? My blog site is in the very same niche as yours and my users would really benefit from some of the information you present here. Please let me know if this okay with you. Many thanks!

  4. Greetings! Quick question that’s entirely off topic. Do you know how to make your site mobile friendly? My site looks weird when browsing from my apple iphone. I’m trying to find a template or plugin that might be able to correct this issue. If you have any suggestions, please share. Thanks!

  5. Amazing blog! Do you have any tips and hints for aspiring writers? I’m planning to start my own website soon but I’m a little lost on everything. Would you suggest starting with a free platform like WordPress or go for a paid option? There are so many choices out there that I’m totally overwhelmed .. Any recommendations? Kudos!

  6. Howdy just wanted to give you a quick heads up and let you know a few of the images aren’t loading properly. I’m not sure why but I think its a linking issue. I’ve tried it in two different internet browsers and both show the same results.

  7. This design is incredible! You certainly know how to keep a reader amused. Between your wit and your videos, I was almost moved to start my own blog (well, almost…HaHa!) Great job. I really loved what you had to say, and more than that, how you presented it. Too cool!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.